A Elite

Continuando a falar sobre a série A Seleção, hoje falo sobre a sua continuação chamada A Elite. Sem mais delongas, vamos ao livro!

PODE CONTER SPOILERS

Sinopse: A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda, ela sente que é nele que está o seu conforto. Porém, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher.

O que eu achei: Após um certo tempo a seleção começa a tomar seu rumo final e 6 garotas formam a Elite, agora Maxon tem menos opções e passa mais tempo com cada garota, até que uma delas é pega com um dos guardas e acabando sofrendo uma grande punição. Essa eliminação acaba afetando além da candidata e America começa a ter suas dúvidas sobre Maxon. Como a jovem não se decide, o príncipe (enfim) dá chance as outras garotas de conquistarem seu coração, o que acaba o afastando um pouco de America. Enquanto isso a jovem começa a investigar mais sobre a história de seu país e acaba cometendo mais erros e irritando principalmente o rei, que a vê como um problema. Apesar de começar a descobrir seus verdadeiros sentimentos pelo príncipe, o que continua a me incomodar é a eterna indecisão de America entre os dois rapazes e a falta de confiança que tem em Maxon apesar dele não fazer nada de errado. Às vezes me parece que essa “coragem e teimosa” de America é mais uma falta de maturidade e noção. Mas no fim o livro é ótimo e deixa você com vontade de saber o que mais irá acontecer, já que Maxon parece não estar tão disposto a esperar eternamente pela decisão de sua preferida.

Minha nota: 7/10

Mais informações sobre o livro:

Autora: Kiera Cass
ISBN: 9788565765121
Páginas: 360
Editora: Seguinte
Ano: 2012

Anúncios

A Seleção

Faz um bom tempo desde a última vez que eu apareci por aqui, não? Porém meu tempo off-line foi muito bem aproveitado, descansei bastante, aproveitei o fim do ano, p começo de um novo e também li alguns livros novos! Por enquanto foram 4 e hoje vim aqui compartilhar minha opinião sobre um deles: A Seleção, da Kiera Cass.

Esse livro já foram lançado há algum tempo então não é novidade, eu confesso que já tinha visto a trilogia nas livrarias e nunca tive vontade de ler por achar que seria muito bobo, mas no fim do ano ganhei um vale presente da Saraiva e acabei escolhendo esse livro. Então vamos ao que interessa!

 

A Seleção – Kiera Cass

Sinopse: Para trinta e cinco garotas, A Seleção é a chance de uma vida. É a oportunidade de ser alçada a um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, estar entre as selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás o rapaz que ama, abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer e viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que nunca tinha ousado imaginar.

O que eu achei: Eu gostei do livro. Adorei a maneira como a autora escreve, que te envolve com a história e faz você querer ler do começo ao fim sem parar. A história de América é um pouco enrolada e eu cheguei a ficar com raiva da protagonista várias vezes. Tem muitas atitudes que ela toma sem pensar nas consequências e em quem isso vai refletir, o que me incomodou bastante já que ela está participando da Seleção por vontade própria, afinal ninguém a obrigou a se inscrever. Aspen é seu primeiro amor que reaparece no palácio e pode (e não se importa) complicar a vida de sua amada. Já Maxon é literalmente um príncipe, o homem dos sonhos. Apesar de sua falta de jeito com as mulheres está sempre se esforçando para entendê-las e fazer tudo o que puder para todas as meninas. O que me incomodou bastante foi o fato da protagonista que sempre diz ter sofrido muito por ser de uma casta baixa estar sempre agindo impulsivamente e sem se importar em quem essas atitudes poderão atingir, principalmente em relação a Maxon. O livro em si é muito bom e como vocês podem perceber você se envolve bastante na história. As páginas te levam a Illéa e fazem você viver no mundo deles enquanto está lendo, é uma leitura leve e tranquila, então se é isso que você procura, esse é seu livro!

Minha nota: 8/10

Mais informações sobre o livro
Autora: Kiera Cass
ISBN: 9788565765015
Páginas: 368
Editora: Seguinte
Ano: 2012

 

Espero que vocês tenham gostado e se você já leu esse livro, qual sua opinião?

Beijos, C.

Dia de Beauté: Um Guia de Maquiagem para a Vida Real

Um tempo atrás eu fiz um post sobre os livros que eu gostaria de ler e sim, eu consegui ler pelo menos um! Hahaha. Minha aquisição foi o livro da Vic Ceridono, já que eu estava muito ansiosa para ler!

No livro, Vic ensina de tudo um pouco, desde como fazer um make super glamour até como cuidar das sobrancelhas e fazer uma mala de make para viajar! Eu adorei o livro e tenho certeza que quem se interessa pelo menos um pouquinho pelo assunto também vai adorar. O livro tem capa dura, é super caprichado e tem mais de 150 páginas, então é diversão garantida por horas!

Vou deixar vocês com algumas fotos do livro e um vídeo da Vic apresentando ele!

image

image

image

Beijos,

C.

Inspiração: Flavia Calina

Uau, faz bastante tempo que eu não escrevo por aqui! Poderia inventar algumas desculpas mas a verdade é que eu estava sem tempo e sem cabeça para me dedicar ao blog como eu realmente queria. Agora que passou esse período bagunçado da minha vida fiquei mais tranquila para poder escrever aqui de novo. Peço desculpas à vocês que me leem e que ficaram um bom tempo sem nada novo!

Para voltar escolhi um assunto que eu gosto bastante. É sempre muito legal encontrar alguma pessoa que nos inspire a ser cada vez melhores, que seja carinhosa, legal e verdadeira. Uma pessoa que tem me inspirado muito é a Flavia Calina. Para quem não a conhece ainda, a Fla é youtuber há 6 anos, casada com o Ricardo e mãe da baby V! A família mora nos EUA mas também passam algum tempo aqui no Brasil. No canal dela tem muitos vlogs sobre a vida dela e da família, além disso também tem dicas de maquiagem, receitas, maternidade, desabafos… Enfim, é um canal muito gostoso de assistir e que eu recomendo à todos!

Aqui embaixo vou deixar um vídeo recente dela e que eu gostei muito, que é o Sunday Love, onde a Fla compartilha algumas coisas que deixaram ela feliz durante a semana, links, histórias… Hoje em dia é muito fácil ouvir histórias tristes e ruins, então é muito bom assistir esses vídeos e ouvir coisas boas!

Espero que vocês tenham gostado da Flavia e do meu retorno!

Beijos,

C.

Música da semana: Scalene – Surreal

Aqui, toda segunda, vou compartilhar com vocês uma música que não sai da minha cabeça.

Depois de escrever sobre o Tiago Iorc, quis mostrar outra banda brasileira muito boa também. Scalene foi formada em 2009 e é composta por Gustavo Bertoni, Tomas Bertoni, Lucas Furtado e Philipe.

A banda de Brasília vem ganhando fama desde 2010 mas foi em 2013 que ganharam mais notoriedade ao lançar o single Danse Macabre que faz parte do álbum Real/Surreal.

Em 2015, a banda tocou no Lollapalooza Brasil e ganhou mais fama ao aparecer no programa SuperStar, onde chegaram à final mas terminaram em 2º lugar. A banda também lançou seu novo álbum, Éter e continua fazendo muito sucesso por aí.

Para apresentar a banda a vocês (que não conhecem), escolhi a música Surreal. Espero que vocês gostem!

E vocês, tem alguma banda brasileira que gostam muito?

Beijos,

C.

Top 3: filmes com Ryan Gosling

Inspirada por um filme que assisti nesse fim de semana, quis dividir com vocês os filmes que eu mais gosto desse ator incrível (além de lindo!). Vou dizer que são filmes bem diferentes e exatamente por isso achei legal compartilhar, já que desse jeito nós conseguimos ver o quão bom ator ele é. As sinopses são do site Adoro Cinema.

1. A Garota Ideal (Lars and the Real Girl)

“Lars Lindstrom (Ryan Gosling) é um homem tímido e introvertido, que vive na garagem de seu irmão mais velho, Gus (Paul Schneider), e sua cunhada Karin (Emily Mortimer). Lars apenas acompanha o desenrolar de sua vida, sem se mexer para algo. Até que um dia ele encontra Bianca, uma missionária religiosa, através da internet. O problema é que para as pessoas Bianca não é alguém real, mas a réplica de uma mulher, feita de silicone. Só que Lars acredita piamente que ela é um ser humano, o que faz com que se torne seu apoio emocional. Preocupados, Gus e Karin decidem procurar o conselho de uma psicóloga, que recomenda que concordem com Lars enquanto ele lida com seus problemas pessoais.”

Para quem está acostumado a ver o Ryan fazendo papel de bonitão, esse filme é bem legal! Ele interpreta um homem quieto, introvertido e bem… diferente! Mas ele faz o papel tão bem que você realmente acredita que ele é assim! Eu gostei bastante desse filme mas fiquei esperando um pouco mais do final. Eu assisti no Netflix, então fica mais fácil para vocês assistirem!

2. Amor a Toda Prova (Crazy, Stupid, Love)

“Cal Weaver (Steve Carell) tem quarenta e poucos anos e leva uma vida perfeita, com um bom emprego, filhos e um casamento com a namorada do colégio, Emily (Julianne Moore). Até que, ao descobrir que Emily o está traindo e quer o divórcio, sua vida desaba por completo. Forçado a voltar ao mundo dos solteiros, ele enfrenta as dificuldades habituais de quem não sabe mais como se portar para se aproximar de uma mulher. É quando entra em cena Jacob Palmer (Ryan Gosling), um amigo que passa a lhe dar algumas dicas.”

Se você quer vê-lo fazendo papel de bonitão, seu filme é esse! Ryan arrasa na pele do Jacob, um galã que sabe tudo sobre as mulheres. O filme é bem legal e tem ótimos atores, incluindo a fofa Emma Stone. Esse filme não tem no Netflix, mas não deve ser difícil de encontrar, então se você não assistiu, vale a pena!

3. Drive

“Durante o dia um motorista (Ryan Gosling) trabalha como mecânico e dublê em filmes de Hollywood, enquanto que à noite ele presta serviços para a máfia. Ele é vizinho de Irene (Carey Mulligan), que é casada e tem um filho com Standard (Oscar Isaac). Percebendo a situação difícil de Standard, que saiu há pouco tempo da prisão, o motorista o convida para realizar um assalto. Só que o golpe dá errado, o que coloca em risco as vidas do motorista, Irene e seu filho.”

Mas se você quer vê-lo em um papel mais pesado, então assista esse! Confesso que eu não gosto muito desse tipo de filme mas foi interessante ver o Ryan fazendo esse personagem, porque é bem diferente dos outros que eu já tinha assistido. Esse filme tem no Netflix então se você quiser assistir, é mais fácil.

Não sei se vocês perceberam mas eu quis propositalmente não colocar Diário de uma Paixão porque esse é o filme mais famoso dele, então indiquei outros que não são tão conhecidos assim mas são tão bons quanto! Espero que vocês gostem e se alguém já assistiu algum desses, qual é a sua opinião?

Beijos,

C.

Música da semana: Coldplay – Speed of Sound

Aqui, toda segunda, vou compartilhar com vocês uma música que não sai da minha cabeça.

Tem algumas bandas que por mais que o tempo passe nós continuamos gostando, certo? Pra mim, Coldplay é uma dessas bandas. Sempre que eles lançam alguma coisa nova eu quero ouvir, fico animada para ouvir os álbuns novos e morro de vontade de ir em um show deles. Segundo o jornal Destak, que é uma fonte bem confiável quando se trata de shows, eles devem aparecer por aqui em Março do ano que vem, então vou ficar de dedos cruzados para que eles confirmem logo e eu conseguir finalmente ir em um show de uma das minhas bandas preferidas!

Coldplay é uma banda inglesa de 1996 e que alcançou o sucesso em 2000, quando lançou seu primeiro álbum, Parachutes. Aliás, a música que fez eles estourarem foi Yellow e eu duvido que você não tenha ouvido ainda! Desde então, eles vêm lançando vários álbuns, já são 6 (de estúdio) no total, e fazendo muito sucesso.

A música que eu escolhi para aparecer aqui é uma das antigas, do álbum X&Y, mas é uma das que eu mais gosto. Espero que vocês gostem também!

Então é isso, cruzem os dedos comigo para eles confirmarem logo os shows por aqui! Hahaha.

Beijos,

C.